Publicado em: Pecuária

Circuito Nacional do Ranking Nelore tem novas regras para as exposições e competições

 

A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), com o objetivo de melhorar cada vez mais seus projetos e ações em prol do Nelore brasileiro, apresenta novas regras para o Circuito Nacional do Ranking Nelore. As atualizações passaram a valer já a partir do ano calendário 2017/2018, cujo circuito teve início em outubro de 2017 e acontecerá até setembro de 2018.

O Ranking Nacional passa a contar com 11 exposições oficiais mais a Expoinel Nacional, sendo que o criador/expositor somará os 7 melhores resultados mais a Expoinel Nacional, descartando os demais. Durante o ano de 2017 ocorreram duas exposições oficiais, a primeira na cidade de São José do Rio Preto (SP) e a segunda em Brasília. Já para o ano de 2018, a agenda contempla as outras 10 exposições, que acontecem nos municípios de Uberaba (MG) (Expoinel Minas/Expozebu), Campo Grande (MS), Londrina (PR), Goiânia (GO), Avaré (SP), Rio Verde (GO), Vila Velha (ES), Bauru (SP), encerrando com a Expoinel Nacional, também em Uberaba.

Para o ano calendário 2017/2018, os participantes da Liga dos Campeões serão os 10 melhores criadores (as) e expositores (as) do ranking geral do ano calendário 2016/2017.

“O Circuito Nacional do Ranking Nelore teve início em outubro de 2017, com continuidade durante todo o ano de 2018. Trata-se de uma iniciativa de suma importância para analisar como está a criação da raça pelo Brasil. Os criadores e expositores trazem seus animais para competir, criando possibilidade de estudos específicos, o que possibilita enxergar os pontos necessários para obter maior excelência produtiva e reprodutiva do Nelore”, analisa Marcos Pertegato, gerente técnico da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil.

A partir de agora, os primeiros, segundos e terceiros melhores criadores (as) e expositores (as) da Super Copa passam a competir na Liga dos Campeões do calendário seguinte. Os oitavos, nonos e décimos classificados da Liga dos Campeões passarão a competir na Super Copa do ano calendário posterior. Criadores (as) / Expositores (as) que participarem de 3 ou menos exposições do Circuito Nacional Nelore terão suas pontuações zeradas por decisão automática no Ranking Nacional. As exposições que compõem o Circuito Nacional Nelore deverão ter seus leilões chancelados pela ACNB.

“A ACNB pensou na forma mais justa e equilibrada possível para alterar algumas regras do Circuito Nacional do Ranking Nelore. Queremos dar oportunidade para que todos os criadores possam participar e apresentar seus trabalhos de seleção genética com o Nelore”, comenta Marcos Pertegato.

 

As principais mudanças do Circuito Nacional do Ranking Nelore são:

 

Novo campeonato / Apresentação dos animais: Criação do Campeonato Supremo,  a ser realizado de acordo com a soma das pontuações como expositor e criador no ambiente da competição (exposição). Os animais avaliados – individuais ou membros de conjuntos progênies – não poderão ser apresentados com cabrestos nem com identificação de criatórios diferentes do que estiver expondo o animal.

 

Campeonatos de Matrizes, Reprodutores e Reprodutores Nova Geração: Nos campeonatos Reprodutores e Reprodutores Nova Geração serão contabilizados os 20 melhores resultados para o reprodutor mais as premiações das respectivas progênies. Já no ranking para Matrizes, Reprodutor e Reprodutor Nova Geração serão somados os 7 melhores resultados das exposições do Circuito Nacional Nelore, os 4 melhores resultados (fora do Ranking Nacional) e a Expoinel Nacional. As demais pontuações serão descartadas.

 

Reprodutores Nova Geração / Subdivisão de categorias: A idade máxima do reprodutor para participar do campeonato Melhor Reprodutor Nova Geração e Progênie de Pai Nova Geração será de 96 meses (8 anos). A divisão dos animais nos campeonatos e categorias será por ordem crescente de idade.

Para mais informações sobre outras novidades do Novo Circuito Nacional do Ranking Nelore, acesse: www.nelore.org.br ou no telefone (11) 3293-8900.

 

Fonte: Gustavo Cezario - TEXTO COMUNICAÇÃO CORPORATIVA