Publicado em: Pecuária

     A Federação Internacional dos Criadores de Zebu (Ficebu) anunciou na manhã de hoje (04) a proposta de nova diretoria da entidade, e Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges foi eleito o novo presidente. O pecuarista, que é presidente da ABCZ desde 2016, assume o cargo que até então era ocupado por Érwin Rek. Ele ficará a frente da entidade pelo biênio 2018-2020.

     “Nós acompanhamos a Ficebu desde a fundação dela, que foi uma ideia do Dr. João Gilberto Rodrigues da Cunha, quando presidente da ABCZ, de ter uma entidade que reunisse todas as associações de Zebu do mundo. Tendo agora a oportunidade de assumir a presidência da Ficebu, vamos dar continuidade a esse bom trabalho que tem sido feito desde então, mantendo o mesmo comportamento que temos na ABCZ. Faremos uma Ficebu para todos, com a participação ativa dos diretores, criadores e associações”, diz Arnaldo Manuel.

     Durante o anúncio, Érwin Rek classificou o sucessor como um ‘líder de extrema qualidade profissional e técnica’. “Para nós é motivo de muita satisfação tê-lo como presidente da Ficebu. O Arnaldo tem muita experiência em diferentes âmbitos, e logicamente será um grande condutor da entidade nos próximos anos”, elogia.

     O anúncio foi feito durante a reunião anual da Ficebu, na 84ª ExpoZebu. Representantes de cerca de 10 países participaram do encontro. Ainda durante a reunião, protocolos sanitários foram assinados entre o Brasil e países como Guatemala, Equador, Quênia e Malásia, para a exportação de material genético e animais vivos. Também foi assinado um protocolo de intenções entre a ABCZ e Asocebu Bolívia, para a implantação do Pró-Genética naquele país.