Publicado em: Pecuária

Alta conquista liderança no Programa de Melhoramento Genético da raça Girolando (PMGG)

Central tem a maior bateria de touro provados do mercado

 

Foto Gustavo Miguel

 

AAlta, empresa líder mundial em melhoramento genético de bovinos, conquistou a liderança do Programa de Melhoramento Genético da raça Girolando (PMGG). Com o resultado divulgado na última semana durante a Megaleite 2018, a Central passa a ter a maior bateria de touros provados do mercado.

Na composição racial 5/8, a primeira colocação ficou com Jagunço IV, 842,58 quilos de PTA leite, com 20 filhas avaliadas em 10 rebanhos espalhados pelo país. No segundo lugar está Bond Choral com PTA leite de 800,84 quilos, também integrante da bateria de leite nacional da Alta. Juntos, os dois reprodutores possuem mais de 200 kg de PTA leite de vantagem se comparado aos demais colocados do ranking.

“Dos 12 primeiros colocados do Sumário com doses disponíveis no mercado, sete são da Central, resultado que comprava a força da nossa bateria Girolando que agora está recheada de touros provados”, comemora Guilherme Marquez, Gerente de Produto Leite Nacional da Alta.

Ainda na composição racial 5/8, a terceira colocação do ranking de touros com sêmen disponível, ficou com o Axxor Avalon (644,39 quilos PTA leite). A bateria também tem como destaque Jacuba Titânio que está em seu terceiro ano provado pelo teste de progênie e possui 591,83 quilos de PTA leite.

Já na composição racial 3/4, a Central também conquistou a liderança com o touro Alfy Cayuaba Irídio TE de PTA leite 486,56 quilos. “Temos muito orgulho em dizer que a Alta possui os melhores touros do mercado”, reforça o Gerente. Com os resultados a Alta espera aumentar a comercialização de sêmen ainda neste ano. Em 2011 a Central bate o recorde brasileiro sendo a primeira empresa a vender 3 milhões de doses em um ano.

O teste de progênie é um trabalho complexo, que envolve o registro dos dados em campo e prospecção, organização e administração dos rebanhos colaboradores pela Girolando. O tratamento, armazenamento e análise de dados, além da efetiva produção do sumário, é realizado pela Embrapa e a Girolando. 

O principal objetivo é identificar os indivíduos superiores, ou seja, quais os animais que realmente irão transmitir boas características aos seus descendentes, promovendo assim o melhoramento genético do rebanho. O PMGG existe desde 1996, e neste ano foram incorporados 27 novos touros, um número recorde para o Programa, que conta com 127 animais avaliados.

 

Sobre a Alta Genetics

A Alta Genetics é líder no mercado de melhoramento genético bovino do mundo. Com matriz localizada em Calgary, no Canadá, atua em mais de 90 países com nove centrais de coleta: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Holanda e China. Com 20 anos de história no Brasil, a empresa está sediada na cidade de Uberaba/MG, e tem como missão orientar pecuaristas sobre a melhor maneira de usar a genética aliada ao manejo, nutrição, ambiente, gestão e todos os processos para garantir um animal com todo o seu potencial genético. O compromisso da Alta é criar valor, entregar o melhor resultado e construir confiança com seus clientes e parceiros, em busca do desenvolvimento da pecuária.

 

Fonte: Alfapress Comunicações