Publicado em: Pecuária

A Megaleite terminou no último sábado com bons resultados. Por isso, a promotora do evento, a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando já confirmou a realização da feira em Belo Horizonte nos próximos dois anos.  Com vários leilões em sua programação, a Megaleite 2017 encerrou com um bom volume de negócios. O 2º Leilão Noite do Girolando, ocorrido no dia 26 de junho, teve faturamento de R$214,5 mil. Já o Leilão Noite das Campeãs, no dia 27 de junho, movimentou R$174,4 mil. No dia 28 de junho, o 2º Grande Leilão Basa-Pantanal teve faturamento final de R$429 mil. Já o Leilão Gir Leiteiro Fazenda Brasília, no dia 29 de junho, movimentou R$732 mil. O Leilão Elo de Minas, no dia 30 de junho, faturou R$690mil. Juntos, esses pregões renderam mais de R$2,2 milhões. Ainda faltam serem computados os faturamentos de quatro leilões, além do Feilão Girolando.
A premiação dos mellhores do Ranking Nacional Girolando 2016/2017 marcou o final da Megaleite, no último sábado (01/07), no Parque da Gameleira. Durante a solenidade foram premiados os melhores Criadores, Expositores e Criador/Expositor (de cada grau de sangue) da temporada, o Criador e o Expositor Revelação, além dos melhores apresentadores de pista da Megaleite e dos grandes cempeões da feira. O Criador Revelação foi José Renato Chiari e o Expositor Revelação Leonardo Jamel Saliba de Souza. Os apresentadores premiados foram Nelsinho, Jordão e Luiz Carlos. Também foram anunciados os resultados dos Rankings estaduais de Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do sul.
 
Torneio Leiteiro

Esta edição da feira marcou uma nova fase do Torneio Leiteiro Nacional de Girolando, que agora passa a premiar também as fêmeas com maior produção de leite corrigido para sólidos. Esta é uma informação fundamental para a cadeia do agronegócio leite, pois há uma relação direta entre o rendimento industrial e a proporção de sólidos do leite. Muitos laticínios já bonificam melhor os produtores rurais que entregam leite com maior teor de sólidos.

A primeira Grande Campeã de Produção de Sólidos da Megaleite foi a vaca meio-sangue 154 FIV Sanchez da Anta, do expositor Antônio Gilberto de Castro e Outros. Ela produziu 261,157 kg/leite, com média de 87,052 kg/leite. As análises de sólidos do 28º Torneio Leiteiro Nacional de Girolando ficaram a cargo da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Já na tradicional premiação para as maiores produções absolutas foram registrados cinco novos recordes na Megaleite, sendo um da raça Girolando, dois na raça Guzerá e outros dois no Guzolando. No 28° Torneio Leiteiro Nacional de Girolando, a nova recordista e Grande Campeã é a vaca meio-sangue Quelinha Everett FIV 2B, do expositor Alexandre Lopes Lacerda. Ela produziu 300,420 kg/leite e média de 100,140 kg/leite, sagrando-se também campeã meio-sangue.

Guzerá e Guzolando

Na raça Guzerá, uma das novas recordistas de produção é Navalha Boa Lembrança, que conquistou o título de Grande Campeã da categoria Vaca Jovem ao produzir 144,830 kg/leite, com média de 48, 270 kg/leite. O animal pertence ao expositor Eduardo Palmério Cunha. Na categoria Vaca Adulta, a Grande Campeã e nova recordista é Babi JF, do expositor José Figueiredo. Ela produziu 168,790 kg/leite, com média de 56, 263 kg/leite.

Já no Guzolando a nova recordista é a vaca Haja Sula, da expositora Agostinha Naves Aguiar, que se sagrou grande campeã ao produzir 220,640 kg/leite, com média de 73, 547 kg/leite. Com essa produção, ela bateu o recorde nacional da raça. Outro recorde de Guzolando foi na categoria Vaca Jovem. Bandeira Sula, também da expositora Agostinha, produziu 190, 930 kg/leite e média de 63,643 kg/leite.

  
 
 
Gir Leiteiro

A equipe da Major Nutrição Animal, patrocinadora do evento e da Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro (ABCGil), premiou os exemplares campeões da raça gir leiteiro. O Grande Campeão da Megaleite 2017 é Gabarito AVLA, exposto por João Vicente Alves Ávila, de Minas Gerais. Já o Reservado Grande Campeão escolhido foi Nian FIV Mutum, propriedade do selecionador Léo Machado, de Goiás. A premiação foi entregue pela coordenadora técnica de leite da Major Nutrição Animal, Bruna Hortolani. O julgamento faz parte da 9ª Exposição e Torneio Leiteiro Internacional do Gir Leiteiro, que também premiou como Grande Campeã da raça a Devassa W
AD, capa da última edição da Revista Pecuária Brasil. O Torneio Leiteiro terminou na quarta-feira (28), e consagrou três campeãs: Assamila FIV Cabo Verde, exposta por José Coelho Victor na categoria Fêmea Jovem (média de 51,1 kg); Maia FIV do Basa, exposta por Evandro do Carmo Guimarães na categoria Vaca Jovem (média de 56,4 kg) e Duquesa FIV, exposta por Léo Machado na categoria Vaca Adulta (média de 68,2 kg). A equipe da Major Nutrição Animal esteve no evento, expondo as tecnologias desenvolvidas para a pecuária leiteira, com direito a demonstração de viabilidade e técnicos à disposição dos pecuaristas. Cinco fêmeas Girolando oriundas do criatório de José de Castro Rodrigues Netto (Fazenda Santana da Serra) foram expostas no estande da empresa com bezerros ao pé, alimentados com a especial dieta da Major que dispensa uso de volumoso.
  
Grande Campeão Megaleite 2017 na raça Gir Leiteiro, Gabarito AVLA
 
 
 
Sobre a Megaleite 2017
A Megaleite 2017 ocorreu de 28 de junho a 1º de julho, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte (MG), e reuniu animais das principais raças leiteiras do Brasil em competições de julgamento e concurso leiteiro. A programação da feira ainda contou com leilões, feira de negócios, dentre outros eventos. A feira é organizada pela Associação Brasileira dos Criadores de Girolando e tem o apoio do Governo de Minas, via Codemig e Secretaria de Agricultura do Estado de Minas Gerais, Mapa e Embrapa Gado de Leite, Parceria Premium da Embaré, Parceria Master das empresas CRV Lagoa, Real H, ALLFLEX, Rehagro, Zoetis, DSM, MF Rural, Agener-União, ST Genetics, Ourofino Saúde Animal, Major Nutrição Animal, Agroceres Multimix e Canais Master Canal Rural e Terraviva.
 
 
FOTOS POR CARLOS LOPES